I. E. Sagrada Família

História do Instituto de Ensino Sagrada Família

Tudo começou numa noite, em 1939, quando o Prof.Verino Segundo Ferrari entrou na Igreja Sagrada Família para fazer suas orações e o Padre Ézio Gislimvert dirigiu-se a ele e o convidou para a direção de uma escola que ainda não existia. Era apenas um sonho...

Mas o sonho tornou-se realidade em pouco tempo.

A intenção do Padre Ézio era fundar uma escola que tivesse uma base religiosa ligada à ordem dos estigmatinos.

Os padres estigmatinos chegaram em São Caetano do Sul em 1924. Nesses 89 anos de presença na cidade, eles têm legado à população uma contribuição muito marcante, que abrange desde a formação na fé cristã, até a colaboração de projetos direcionados à Educação, Arte, Esporte e Lazer.

Era março de 1939, mês dedicado a São José, quando foi fundada a Escola Particular São José.

Em junho de 1943, a escola mudou o nome para Escola Paroquial São Caetano, e ainda da Prefeitura de Santo André  uma verba, pois na época, São Caetano era subdistrito da Comarca de Santo André.

Em 1953, a direção passou a Prof.ª Geny Voltarelli. O número de alunos era maior e o progresso era visível.

Em 1959, o cargo de diretor foi assumido pelo Prof. Eugênio Voltarelli, sobrinho da Prof.ª Geny.

A dedicação do Prof. Eugênio foi notória e a escola crescia cada vez mais, tornou-se referência em educação na cidade, que passou a contar também com a competência dos professores Giácomo Benedetti e Olyntho Voltarelli Filho.

Em 1961, o nome da escola foi mudado para Instituto de Ensino Sagrada Família e o MEC concedeu a autorização para a implantação do Curso Comercial Básico (atual fundamental). Nessa época a escola diversificou seus cursos em: Mecanografia e Técnico em Contabilidade.

Em dezembro de 1976, a escola recebeu a autorização de funcionamento para os cursos de Auxiliar em Administração Hospitalar, Desenhista de Estruturas, Secretariado e também o Curso Supletivo do 2º grau.

Em 1986, o Prof. Olyntho Voltarellli Filho assumiu a direção e desenvolveu vários projetos.

Em 1995, o Ensino Médio passou a funcionar no período da manhã com grande prestígio entre pais e alunos. Os alunos passaram a ter Informática, Espanhol e aulas práticas de Laboratório de Ciências Físicas.

O antigo cinema nas dependências da escola, foi transformada inicialmente em parque infantil, e no ano de 2000, em quadra poliesportiva, fechando assim, a história de luta e realizações no século XX.

Em 2007, a Congregação dos Estigmatinos, mantenedora da escola, assumiu a direção, sob o comando do Padre Prof. Dr. Mário José Filho e resgata suas raízes, intensificando seu projeto educacional com atenção especial à formação humano-religiosa fundamentada na ética e na moral.

Em 2011, dirigida pelo Padre Nelton Pezzini e sua equipe, a escola continua sua missão que vai além do educar, centralizado também o ser humano em sua complexidade, sempre com o olhar voltado para a ética e a moral. Busca a essência do que é divino e particulariza o aluno, individualiza o seu saber, e, com esse binômio, educação e ética, acreditamos lapidar a criança/adolescente para que ela seja completa, capaz, feliz e vitoriosa.



Compartilhar |